As portas do inferno não prevaleceram… (2)

Igreja Batista Ressurreição, em Sebastopol (UCR)

Na foto acima, templo da Igreja Batista Ressurreição (Баптист церковь Воскресения, Baptist Cherkov’ Voskreseniya) na cidade ucraniana de Sebastopol. O nome denuncia a influência que os anabatistas exerceram sobre os batistas eslavos, pois a ressurreição era uma doutrina cara àqueles.  Como aconteceu com os primitivos cristãos no Império Romano, o sistema de governo congregacional provou sua superioridade em contextos de dura perseguição religiosa: ao contrário dos grupos episcopalistas que se desfaziam assim que suas lideranças eram aprisionadas, a denominação batista, descentralizada, ainda conseguia se manter operante e ativa na URSS. A igreja em que hoje congrego, a PIB em Carapicuíba-SP, também se chamava inicialmente Igreja Batista Ressurreição, e foi organizada em 1951 por imigrantes eslavos, em sua maioria oriundos da então República Socialista Soviética da Ucrânia. Créditos da imagem: Russianname (Wikimedia Commons).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: